Perdi-me muitas vezes pelo mar
Com o ouvido cheio de flores recem-cortadas
Com a lingua, cheia de amor e de agonia
Muitas vezes me perdi pelo mar
Como me perco no coração de alguns meninos

Porque as rosas buscam em frente
Uma dura paisagem de osso
E as mão do homem não tem mais sentido
Que imitar as raízes sobre a terra
Como me perco no coração de alguns meninos

Perdi-me muitas vezes pelo mar
Ignorante da água
Vou buscando uma morte de luz que me consuma

Frederico García Lorca (via oxigenio-dapalavra)

(Source: ouvidoriapoetica)


Jul 29 21:26 with 96 notes
Me sinto tão velho, doído, machucado. Quase um enfermo convalescendo de verdade. Esperando o tempo passar. Esperando as paredes brancas, encardidas ficarem, e as frestas das janelas chorarem com a ventania em chuva lá fora. Me sinto tão velho. Tão doído. Um enfermo, sentado observando o céu que se desnuda ao amanhecer. Não eu não gosto das manhãs de sol. Odeio os dias ensolarados e o cheiro de praia. Prefiro quando é noite, quando venta. Quando posso olhar mil e um janelas acesas da minha varanda ao som da voz de uma cantora frondosa num bom e velho toca discos. Eu sou tão velho. Doído. Enfermo. Permaneço sentado, perdendo a vitalidade, o tempo e o sorriso.
Sócrates   (via oxigenio-dapalavra)

Jul 29 16:24 with 5,794 notes

Nome Sujo

Me quis a vista
Me teve a prazo
E me amou fiado.

(Marcelo Oriani)

(Source: coracaodarkroom)

Jul 28 15:40 with 137 notes

ideoversos:

Tenho afeto por cada veia que percorre o teu braço. 

Por cada poro do teu corpo,
por cada brônquio teu.

(Source: docismo)

Jul 28 12:38 with 158 notes
Petit:

ideoversos:

Eu fui do cais ao caos

cheguei ao estopim,
vomitei palavras,
e tu nem percebeste meu ais.

Guardião de Poesia.

(Source: agri-flor)

Jul 28 12:35 with 145 notes
Tonight I can write the saddest lines
I loved her, and sometimes she loved me too.
Pablo NerudaTwenty Love Poems and a Song of Despair (via feellng)

Jul 28 12:27 with 1,353 notes
Estremecerei de susto até dormir, e no entanto é tudo tão pequeno. Para o desejo do meu coração, o mar é uma gota.
Adélia Prado. (via oxigenio-dapalavra)

Jul 28 11:39 with 2,775 notes
theme by modernise